O meu e o seu lixo é um problema nosso!

1268874723_81268588_2-CURSOS-OFICINAS-E-CAPACITAcaO-DE-REAPROVEITAMENTO-DE-GARRAFAS-PET-Salvador

Ando preocupada com a quantidade de resíduos que a minha família produz. São fraldas descartáveis, latas, pacotes de biscoito, iogurte, embalagens de sabão, lixo orgânico produzido na cozinha, enfim.

Pesquisei sobre o assunto na internet e encontrei coisas bem interessantes sobre como diminuir o lixo doméstico e conseqüentemente, o impacto ao meio ambiente.

 

“De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil descarta a cada dia 230 000 toneladas de detritos – e mais da metade disso corresponde a lixo doméstico.”

Infelizmente, minha cidade não possui um sistema para reciclagem do lixo e acredito que isso é privilégio de uma pequena parte da população e somente dos grandes centros urbanos. E mesmo assim, do total produzido nas casas, apenas 2% é destinado à coleta seletiva.

Fotos-Sobre-Reciclagem-1

Fico pensando: do que adianta falar sobre proteção do meio-ambiente e de sustentabilidade nas escolas se na prática, as crianças não poderão separar o lixo e usufruir disso. O governo deveria dar mais atenção a esse problema tão sério!

Faltam mais leis que regulem o assunto, falta fazer valer as poucas leis que já existem sobre LIXO, falta incentivo à coleta seletiva e principalmente, falta informação à população.

Segundo informações que retirei daqui, a reciclagem retira do lixo uma série de materiais que levariam um tempo assombroso para se decompor – como plástico (450 anos), latas de alumínio (200 anos) ou vidro (1 milhão de anos). Além disso, ao ser reaproveitado, o lixo reciclável economiza recursos naturais. “Uma tonelada de papel reciclado poupa 22 árvores, 75% de energia elétrica e polui o ar 74% menos do que a produção da mesma quantidade de papel com matéria-prima virgem”.

Então, como às vezes não dá pra reciclar tudo, podemos tentar pelo menos diminuir a produção de lixo com algumas dicas simples:

1º – Consumir menos;

2º – Reaproveitar embalagens para brinquedos, brincadeiras ou doar para escolas ou instituições que trabalham com artesanato, por exemplo.

3º – Utilizar o lixo orgânico como adubo em jardins;

4º – Reduzir a utilização de fraldas descartáveis ou substituí-las por fraldas ecológicas e/ou de pano (pelo menos de vez em quando)

5º – Sempre utilizar essas três palavrinhas mágicas:  Reduzir, Reciclar e Reaproveitar!

E você, se preocupa com o seu lixo?

Veja aqui o exemplo de uma família que conseguiu produzir apenas um pote de lixo no período de um ano!!! 

E você, se procupa com isso? Deixe aqui as suas dicas também!

Camila Vaz

https://mundodepalavras.wordpress.com

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

3 comentários sobre “O meu e o seu lixo é um problema nosso!

  1. Olá, também tenho essa preocupação, gosto bastante de fazer reciclagem aqui em casa, mas ainda é mínima perto de todo o lixo que produzimos. Gostei da história da família ali, aqui em casa separamos o orgânico, vidros entrego para os artesãos e papel aos papeleiros, mas sei que isso é pouco, temos que pensar e fazer mais.
    Adorei seu recadinho lá no blog, estive por muitos dias sem acessar a internet, mas eu creio que logo esse momento difícil passa e estarei mais frequente por aqui.
    Beijos
    Quézia SIlva
    http://kemuelpresentededeus.blogspot.com.br/

    Curtir

  2. Tenho o privilégio de morar numa cidade do interior que tem coleta seletiva. Não tenho dados para lhe falar se realmente toda a cidade separa seu lixo. Mas há algo curioso no meu bairro: nos dias que passa o caminhão da coleta orgânica, o lixo à espera na frente das casas e prédios é pequeno; já na coleta seletiva é muito maior. E claro que o lixo orgânico ainda poderia ser menor tivéssemos a possibilidade de compostagem. Chama a atenção que temos muito mais embalagens e tal vinda dos mercados. Esse dias comprei um macarrão que tinha sua embalagem externa e ao abrí-lo, ela vinha novamente embalado e acondicionado em uma bandeja plástica. Precisa?

    Curtir

Compartilhe, multiplique, comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s