Cachorro e crianças

Sol, ainda filhote

Sol, ainda filhote

 

Eu sempre amei cachorros, mas meus pais nunca me permitiram ter um por falta de afinidade deles com animais de estimação. Então cresci com vontade de casar, ter filhos e ter um cachorro. Família completa! rs

Na véspera do meu casamento, há sete anos atrás, passamos numa loja de animais e a SOL nos escolheu. Nos apaixonamos na hora! Foi amor à primeira vista… ❤ Uma filhote linda de labrador, com olhos cor de mel.

Casamos e a levamos para nossa casa e assim começou a nossa família.

Aquele filme Marley e Eu define bem a personalidade de um labrador. Bagunceiro e carinhoso ao extremo. Mas conseguimos educar a Sol e ela é super obediente. Só entra em casa com nossa autorização, faz as necessidades no local definido, não pula nas crianças e não come sapatos! haha . É uma lady! rs

Três anos depois,tive a Isabela, que por ter uma personalidade muito forte, tem uma relação de tapas e beijos com a Sol. Ela quer dominar, mandar e controlar.  rsrs

E depois, chegou o Isaque, que por ser cuca fresca e arteiro, faz a Sol de gato e sapato! Deita e rola com ela…

Enfim, nossa família ficou completa. Acreditamos que a relação com os animais é muito importante para as crianças.

Ela protege, faz companhia, é amiga dos meus filhos e eles a respeitam e cuidam dela.

Como nós gostamos de cães de porte grande e temos espaço em casa, selecionei algumas raças que são ótimas para crianças (além dos super fofos vira-latas, claro! ). Mas como eu disse, é preciso ter espaço para que eles não fiquem estressados, se desenvolvam e se exercitem. E antes de qualquer coisa, verificar se seus filhos possuem alergia ao contato com cães.

Vamos lá!

Golden Retriever

De temperamento tranquilo e personalidade dócil, o golden retriever é muito sociável e inteligente. Esses cães adoram conviver com pessoas e com outros animais, e por isso são grandes companheiros para crianças e famílias numerosas. Como os labradores, adoram brincar na água, mas exigem atenção para realizar atividades físicas. O golden não é um típico cão de guarda, mas está sempre atento aos membros da família. ©Sonja Lovas/Creative Common
Labrador Retriever
Eles têm uma personalidade afetuosa, simpática e são fáceis de educar ou treinar. Essa raça gosta de atividades ao ar livre e adora nadar. Por ser um cão de médio porte cheio de energia, precisa viver em uma casa espaçosa, com quintal ou jardim onde possam brincar. Os labradores costumam ser treinados como cães de companhia para deficientes visuais ou pessoas com mobilidade limitada, e também para localizar narcóticos, explosivos ou vítimas de desastres. Devido à sua natureza obediente e cuidadosa, os labradores são excelente companhia para as crianças, protegendo-as o tempo todo. © Thinkstock
Collie
O collie é um cão inteligente e fácil de treinar. Com instinto aguçado e senso de propriedade, desconfia de pessoas que não sejam da família e, portanto, é um bom cão de guarda. Protege as crianças o tempo todo, mas seu porte médio requer espaços abertos e ar livre para poder correr e brincar à vontade. ©Stock.xchng
Beagle
Os beagles são cães de pequeno porte e uma ótima opção para quem não têm muito espaço, apesar de precisarem de passeios frequentes para gastar energia. Apesar de ser uma raça apta ao convívio familiar, os beagles costumam ser teimosos, e seu treinamento pode levar mais tempo se comparado ao de outras raças, como o golden e o labrador retriever. Possuem temperamento alegre e dócil, adoram brincar com crianças e têm um bom olfato. É um bom cão para a família e geralmente socializa bem com outros cães. No entanto, seu instinto de caçador fala mais alto quando vê gatos, raposas ou qualquer outro animal pequeno, por isso, é melhor vigiá-lo de perto. ©Stock.xchng
Boxer
Pastor alemão
O pastor alemão é uma raça muito usada em resgates por sua inteligência, obediência e facilidade para aprender tarefas, mas também é uma raça excelente para a família. São ativos, curiosos e territoriais. Essas características fazem deles bons cães de guarda, mas podem torná-los um pouco super protetores com a família, o que pode dificultar sua socialização com outras pessoas e cães. Os pastores alemães são cães de médio porte e não devem ser mantidos em espaços pequenos. Recomenda-se que o cachorro seja criado com as crianças da casa, pra que desenvolvam um forte vínculo afetivo. © Creative Commons
São Bernardo
Leais e pacíficos, os são bernardos adoram crianças e ajudam a protegê-las. Por ser de grande porte, a raça precisa de espaços amplos, e por isso, não é recomendável mantê-los em apartamentos. Com um tamanho que inspira respeito e temor, é preciso tomar precauções para socializá-lo corretamente e evitar que ataque pessoas desconhecidas para defender seu território. Dessa forma, o São Bernardo latirá apenas para anunciar que um estranho está por perto, mas não irá além disso. ©Haley Redshaw/Creative Commons
Lembre-se que antes de ter um cão de grande porte ou qualquer outro bichinho de estimação, é preciso saber que eles se tornam parte da família,  que precisam de atenção, respeito e muito amor! Além de uma alimentação adequada e cuidados especiais em relação à saúde e  prevenção de doenças!
Vale à pena!
Eu recomendo!
Beijos
Camila Vaz
Anúncios

Um comentário sobre “Cachorro e crianças

Compartilhe, multiplique, comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s