A nobreza dos pobres de espírito

“Bem-aventurados os pobres em espírito, pois deles é o Reino dos Céus. Mateus 5: 3 ♡
A tentativa de controlar nossas vidas pode nos cegar. A paixão pelas ideologias, costumes e tradições compromete a nossa liberdade e pode nos escravizar.

Mas os pobres de espírito admitem sua fragilidade e dependência em relação a Deus.

Os pobres de espírito são aqueles que admitem suas fraquezas e limitações porque abrem mão da razão para viverem em paz.

São aqueles que precisam mudar e não resistem ao amor transformador de Deus, mesmo que isso lhe custe tudo.

São aqueles que não se envergonham de pedir e aceitar o perdão de Deus e do próximo, pois não escondem suas falhas e pecados.

Um coração pobre de espírito não acumula tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem consomem, mas é feliz na alegria do ser e não do ter.

Talvez poucas pessoas reconheçam que se acham autossuficientes, mas nossas atitudes práticas revelam um coração dominador e soberbo.

O orgulho afasta o homem de Deus porque estimula uma vida como se Ele não existisse.

Mas ser pobre de espírito é ser grato pelo que temos, sabendo que tudo vem Dele e deve voltar para Ele. 

A pobreza de espírito é necessária para termos nossa humanidade redimida e alcançarmos o Reino, assim como crianças, desprovidos de todo o orgulho e altivez.

Neste caso, a pobreza de espírito é uma bem-aventurança que devemos perseguir com alegria e afinco, na certeza de que um coração humilde e contrito não será desprezado por Deus. 💙

Tende em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, o qual, tendo plenamente a natureza de Deus, não reivindicou o ser igual a Deus, mas, pelo contrário, esvaziou-se a si mesmo, assumindo plenamente a forma de servo e tornando-se semelhante aos seres humanos.  Assim, na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, entregando-se à obediência até a morte, e morte de cruz. Fp 2:5-8

O primeiro passo para receber ajuda é aceitar humildemente que precisamos dela. 💡
Em amor,

Camila Vaz

#reino #devocional 

Anúncios

Aprendendo com Rute

 

Noemi mudou-se com sua família para as terras de Moabe, devido ao período de fome que assolava Israel. Depois de um certo tempo seu marido morreu e seus dois filhos também.

Desamparada, Noemi decide voltar para Israel e pede para que suas noras, Orfa e Noemi, retornem aos seus familiares em busca de apoio e provisão.

Orfa vai embora, no entanto, Rute decide ficar junto da sogra e sela com ela uma aliança de fidelidade:

♡♡ “Não insistas comigo para que te abandones e deixe de seguir-te. Pois aonde quer que fores, irei eu e, onde quer que pousares, ali pousarei eu; o teu povo é o meu povo, o teu Deus é o meu Deus!” Rute 1: 16 ♡♡

Ao permanecer com Noemi, Rute conheceu Boaz, um parente distante da sua sogra. Um homem honrado e importante, que tinha o direito de resgate sobre os bens e viúvas da família.

Além de proporcionar-lhes sustento, Boaz zelou pela integridade delas e providenciou também o resgate, pois Rute ganhou o seu coração.

♡♡ “Foi-me contado tudo o que fizeste por tua sogra desde que teu marido morreu, e como deixaste pai e mãe e tua terra natal para vires morar no meio de um povo que não conhecias bem.” Rute 2:21  ♡♡

Com a benção bênção de Noemi, Rute se casou com Boaz e gerou um filho.

Perplexas, as mulheres da cidade declaravam:

♡♡ “Este menino te abençoará com nova vida e te sustentará e consolará na velhice, porquanto é filho de tua querida nora, que muito te ama e que te é melhor do que sete filhos!” Rute 4:15 ♡♡

Enquanto Rute dispôs seu coração para confiar, servir e amar, Noemi teve sua sorte restaurada, pois ganhou uma filha e um neto.
A alegria encobriu o luto!

Rute gerou Obede, que gerou Gessé, que gerou Davi! 👑

O impacto da sua misericórdia e amor fez com que Rute entrasse para genealogia de Jesus. Isso não é incrível? 💙

A lealdade atrai o favor de Deus! 🌼

A renúncia de um amor sacrificial gera cura, restauração, provisão e satisfação em Deus. Uma escolha pode mudar TUDO! ♡
Com amor,

Camila Vaz

Sê homem!

“Esforça-te, pois, e sê homem!” 1Rs 2.2 

Estamos diante de uma geração que sofre terrivelmente pela ausência de referência masculina. Falta hombridade, caráter, honra e responsabilidade. Há uma devastadora crise de IDENTIDADE! 

Homens meninos, vaidosos, amantes dos seus próprios interesses, que não assumem filhos, mulheres, um lar, tampouco a sua palavra. Homens frágeis, inseguros, educados por mães superprotetoras, dominadoras, ou feministas. Ou então, por pais “presentes” que são completamente ausentes ou pior, sem nenhuma participação da figura paterna.

Por outro lado, é cada vez mais comum ver mulheres que levantam a bandeira da liberdade incondicional, da independência total e da igualdade irrestrita, se lamentarem pela falta de postura, liderança, apoio e proteção dos homens que elas mesmas ajudam a empurrar para a zona de conforto.

Infelizmente, sempre foi comum ouvir mulheres se queixando de opressão e machismo, fruto de referências igualmente corrompidas. Agora muitas mulheres se queixam também da frouxidão dos homens. 🤔 

Obviamente, tanto um quanto outro comportamento não refletem o modelo de masculinidade desejado por Deus. 

Homens e mulheres são iguais em valor e dignidade, mas diferentes em papéis e propósitos. 

A Bíblia nos ensina que os homens têm responsabilidades únicas dadas por Deus em relação às mulheres, à família, ao governo e ao ministério. Mas quando falta referência, a identidade é corrompida e o propósito se perde. 

Deus deseja restaurar a masculinidade dessa geração. Ele é a maior referência de paternidade, fidelidade e provisão.💙

Em Jesus Cristo, os homens encontram  referência de amor sacrificial, humildade e serviço. ❤

E através do Espírito Santo, eles descobrem uma referência de sensibilidade, consolo e amizade. 💛

O desafio da nossa geração é restaurar as referências, identidades e propósitos. 

E as mulheres possuem um papel fundamental  nesse processo. Pensem nisso! 💡

“Não vos amoldeis ao padrão deste mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus” (Romanos 12:2)

Com amor,

Camila Vaz

#masculinidade #hombridade #propósito

Até o fim.

22279505_1606180396078839_2350531274172799236_n

A nossa natureza tende a ser impaciente e desistente. É por isso que a fidelidade é um fruto do Espírito. Não vem de nós, é dom de Deus.

A fidelidade é um dos atributos Dele, portanto, quem é filho amado precisa se tornar parecido com Ele. É trabalhoso, porém, recompensador. Sim, existem muitas promessas para os que permanecem fiéis ao propósitos, aos princípios, aos mandamentos, ao chamado…

Sabemos que é difícil esperar uma resposta que não vem, uma cura que não chega, a transformação de uma pessoa que não acontece ou um sonho que não se realiza. É quando nossa fidelidade é colocada à prova.

FIDELIDADE É ATITUDE

Jacó amava Raquel, mas seu sogro o enganou e lhe deu Lia ao final de sete anos de trabalho. Decepcionado, porém decidido, Jacó se dispôs a trabalhar mais sete anos por Raquel.

Rute tornou-se viúva e sua sogra Noemi mandou que ela voltasse para o seu povo e se casasse novamente. Mas Rute lhe respondeu:

“Não insistas comigo que te deixe e não mais a acompanhe. Aonde fores irei, onde ficares ficarei! O teu povo será o meu povo e o teu Deus será o meu Deus! “Rute 1:16

Daniel, ainda jovem, não abriu mão de sua fé e recusou os manjares do rei.

Mas a fidelidade não tem a ver com o outro ou com o que podemos receber em troca, mas tem a ver com quem somos. Não é só uma questão de escolha, mas também de um caráter forjado Nele, aperfeiçoado dia após dia.

Fiel é aquele que começa, continua e permanece até o fim.

 

 

Camila Vaz

Desativando o Modo Automático

Sabe quando você entra no modo automático? Quando faz as coisas por fazer e não se sente mais realizado? Quando quase nada mais satisfaz seu coração e parece que você está sempre no lugar errado?

Eu gostaria de dizer que um corte de cabelo, fazer uma viagem, se matricular na academia, se inscrever num curso fantástico, comprar roupas novas, trocar de emprego ou de cidade poderia resolver. E talvez seja bom mesmo. Mas certamente não será o suficiente.

Todos os seres humanos possuem anseios e sonhos. Mas há algo no coração do homem que só pode ser preenchido pelo cumprimento do propósito de Deus. E isso não é misticismo, utopia, tampouco religiosidade. É real.

Cumprir esse propósito requer fé, renúncia, trabalho e empenho, mas o esforço da busca é sempre recompensado pela alegria do encontro.

A insatisfação é sempre um alerta de que algo precisa mudar em nós. E não depende de ninguém. É de dentro pra fora.

Gostaria de encorajá-lo a perceber os sinais, a escutar a voz que você finge não ouvir. Aceite mergulhar mais fundo para depois voar mais alto. Deseje mudar de nível no relacionamento com Deus.

Esse é o segredo revelado: o propósito de Deus pra nossa vida é descoberto à medida que nos relacionamos com Ele. 💡💡💡

“Pois os meus pensamentos não são os pensamentos de vocês, nem os seus caminhos são os meus caminhos”, declara o Senhor. Assim como os céus são mais altos do que a terra, também os meus caminhos são mais altos do que os seus caminhos e os meus pensamentos mais altos do que os seus pensamentos. Isaías 55:8,9″

Saia do modo automático e tome a decisão de viver a vida que Deus tem pra você.

Camila Vaz

#propósito #relacionamento #devocional #filiação #paternidade #direção

Passando pela guerra em paz

Não desperdice energia e tempo lutando contra pessoas, porque você sairá ferido ou vai ferir alguém. Certamente esse não é o propósito de Deus.

Você já deve ter percebido que estamos em constante guerra neste mundo, mas saiba que essa guerra é espiritual.

Por isso é preciso primeiro identificar quem são os nossos verdadeiros inimigos: tristeza, cansaço, desânimo, complexos, oposição, traumas, orgulho, ira, mágoa, falta de perdão, ciúme, altivez, incredulidade e tantos outros que nos afastam da vontade de Deus.

Não somos capazes de vencer essas guerras com nossas próprias forças, porque não há capacidade humana que se compare às armas espirituais em Cristo Jesus: a espada do Espírito, a couraça da justiça, ao escudo da fé, ao cinturão da verdade, ao capacete da salvação e as sandalias do Evangelho da paz.

Deus nos oferece uma armadura completa a fim de protegermos nossa mente e coração de nós mesmos, das nossas próprias vontades e do nosso próprio EU. Depois, para resistirmos diante das investidas do mal.

Há também mais um diferencial para quem se reveste da força do Senhor. Apesar de vivermos num mundo cruel, injusto e violento, apesar das batalhas constantes que acontecem ao nosso redor, se estamos em Cristo, a paz prevalece dentro de nós.

Então, mesmo em meio ao caos da guerra somos levantados como pacificadores pelo Príncipe da Paz. Para que o nome Dele seja glorificado em todas as coisas.

As guerras existem. Mas passamos por elas e vencemos em paz. Porque não lutamos contra pessoas, lutamos por elas, em Cristo, que também luta por nós. Vistamos as armaduras de Deus e revistamo-nos do amor, que sara todas as feridas. As nossas e as dos outros. 

Pois a nossa luta não é contra pessoas, mas contra os poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais. Efésios 6:12

Em amor,
Camila Vaz

Quem sonha em Deus não se decepciona

Sonhar é imaginar para desejar o que não se tem e enxergar o que não se vê.  
Existem sonhos que podemos realizar de acordo com nosso próprio esforço e capacidade. Estudar, viajar, comprar um carro,  aprender a tocar um instrumento, só depende de planejamento e das escolhas que fazemos diante das oportunidades que surgem diante de nós.

Aproveite para pensar no que você tem feito hoje para que seus sonhos se realizem amanhã. 

Sonhar é bom, dormindo ou acordado. Mas realizar a vontade de Deus pra nós é o segredo da verdadeira satisfação e felicidade. Porque enquanto nós temos SONHOS, Deus possui PLANOS, que jamais são frustrados. 

Então, como saber se nossos sonhos estão de acordo com a boa, perfeita e agradável vontade de Deus? 

Podemos começar refletindo em alguns pontos:

Os planos de Deus não são passageiros e superficiais;

• Não  visam apenas o bem-estar de quem sonha;

• Não se pautam apenas no presente, mas se projeta para o futuro;

• Não buscam suprir uma carência momentânea;

• Não se transformam num drama e não se tornam um fardo. 
Seja na hora de escolher um par, uma profissão ou um destino, quem sonha em Deus não se decepciona.

“Consagre ao Senhor tudo o que você faz, e os seus planos serão bem-sucedidos. Provérbios 16:3”

Convido você a refletir sobre os seus sonhos pessoais hoje e se tiver coragem, quem sabe poder orar em verdade assim:

– Senhor, se você não estiver eu não ficarei, se você não for eu também não irei, se você não aprovar, eu não insistirei. Mostra sua vontade pra mim e me ajuda a sonhar conforme o desejo do seu coração.

Porque não há maior prazer do que ter um sonho legitimado pela vontade de Deus. Creia nisso.

Com amor, Camila Vaz.

Blog Mundo de Palavras