Todavia me alegrarei

19894998_659465707586173_5454324861152688059_n

Tudo que o meu coração deseja hoje é corresponder ao amor de Deus, independente das circunstâncias, para alcançar a plenitude do relacionamento que Ele deseja ter comigo. Então eu terei encontrado a verdadeira satisfação que reflete o meu propósito aqui: glorificar o nome Dele e fazê-lo conhecido.

Somente a intensidade e a profundidade de um relacionamento íntimo com Ele será capaz de gerar em mim  a confiança necessária para declarar que: ainda que a figueira não floresça e não haja fruto na vide e o produto da oliveira minta, TODAVIA EU ME ALEGRAREI NO SENHOR, no Deus da minha salvação.

Tenho aprendido que tanto a gratidão pelo cotidiano, pelo simples e pelos pequenos detalhes, quanto a gratidão nos momentos de dor, de angústia e tribulação revelam a legitimidade do meu amor e a qualidade da minha fé.

Não falo aqui do amor ordinário vivido levianamente e nem da fé egoísta que só envolve as minhas necessidades. Refiro-me ao AMOR extraordinário, padrão estabelecido por Deus, nos moldes daquele descrito em 1 Cor. 13 ou ao padrão de FÉ descrito em Hb 11.

Eu sei que a princípio parecem inatingíveis, difíceis de praticar. Mas a Bíblia não é um apanhado de utopias. É a verdade revelada para quem crê.

Se Deus estabeleceu um padrão, Ele nos capacita para alcançá-lo. No entanto, é um processo de aperfeiçoamento, que passa por provações, antes da aprovação.

Creio que cada conquista, por menor que seja, alegra o coração paterno de Deus. E quando confiamos na sua vontade, no amparo durante a queda, no consolo depois da perda, no afago durante a dor, no sustento durante a falta, Ele sorri.

E se eu levar em conta que minha vida tem o propósito de glorificar a Deus e que, quando glorifico a Deus eu me satisfaço Nele e Ele em mim, eu realmente encontrei o sentido de viver.

A presença de Deus é uma fonte inesgotável de satisfação e alegria. Tudo o que Ele faz é justo e bom. A vontade Dele é perfeita e agradável. Embora eu não entenda, não compreenda, eu creio que é. Essa é uma verdade da qual eu jamais duvidarei.

 

Camila Vaz

Anúncios

Amor próprio ou Narcisismo?

A cultura da satisfação pessoal a qualquer custo, o culto à imagem e o individualismo, se contrapõem drasticamente a um princípio básico do Evangelho: o amor. 
É lógico que o amor próprio é realmente essencial, desde que a gente também ame ao próximo como amamos a nós mesmos e o desejo de receber seja proporcional ao desejo de repartir.  
Devemos cuidar para que o nosso amor não seja tão próprio, mas tão próprio, que se torne incapaz de alcançar as pessoas ao nosso redor.
A individualidade segundo o padrão de Cristo não é individualista e a nossa autoestima não precisa ser elevada ao máximo, apenas precisa estar no lugar certo.
Quando trocamos a cultura da terra pela cultura do Céu, nossa visão sobre nós mesmos e sobre o outro é redimida e ajustada, pois passamos a refletir à imagem de Cristo e isso muda tudo.

Camila Vaz

💡💡💡”Saiba disto: nos últimos dias sobrevirão tempos terríveis. Os homens serão amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, arrogantes, blasfemos, desobedientes aos pais, ingratos, ímpios, sem amor pela família, irreconciliáveis, caluniadores, sem domínio próprio, cruéis, inimigos do bem, traidores, precipitados, soberbos, mais amantes dos prazeres do que amigos de Deus. 2 Timóteo 3:1-4″💡💡💡

O limite da liberdade é o amor

​A liberdade é um enigma a ser desvendado pela sabedoria. 🌼

Não é prudente fazer dela um bezerro de ouro, pois a liberdade não deve ser idolatrada, nem se sobrepor ao nosso propósito aqui. Apesar de atraente e bela, por si só, ela jamais nos satisfará. 🌼

Ouso dizer que o limite da liberdade é o amor de Deus por nós e o nosso amor pelo próximo. Aquele que tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta, que perdoa o imperdoável, que retrocede, que abre mão para ver o outro bem e feliz. Quer ver? 🌼

A maternidade e o casamento limitam a nossa liberdade. A doença de um ente querido e um animal de estimação também. O pedido de socorro de um desconhecido ou de um grande amigo muda a nossa rota e altera nossos planos. 🌼

Não há sentido em ser livre sozinho. Por isso, bem-aventurado aquele que usa a sua liberdade para servir ao outro. Se não for assim, a liberdade nos torna egoístas e escravos de nós mesmos. 🌼

Portanto, quem ainda não entendeu o propósito de ser livre, verdadeiramente liberto não é. 🌼

Somente a liberdade em Cristo dá significado aos nossos vôos, nos traz de volta ao abrigo seguro e nos preserva de nós mesmos . . . 

🌻🌻🌻 Porém vocês, irmãos, foram chamados para serem livres. Mas não deixem que essa liberdade se torne uma desculpa para permitir que a natureza humana domine vocês. Pelo contrário, que o amor faça com que vocês sirvam uns aos outros. Pois a lei inteira se resume em um mandamento só: “Ame os outros como você ama a você mesmo.” Gálatas 5:13 🌻🌻🌻

Camila Vaz

 #liberdade #freedom #livres #propósito #devocional

Para mulheres exaustas

 

Às vezes, cuidar da casa, do casamento, dos filhos, da vida profissional e dos estudos pesa mesmo.

Mas aprendi com uma amiga muito querida, que quando chegamos a EXAUSTÃO é porque está faltando equilíbrio. Afinal, ninguém pode dar o que não tem. E nem é prudente dar para ficar sem, como a saúde física e emocional, por exemplo.

“Só poderemos transbordar se estivermos cheias”, ela me disse.

A Bíblia, no livro de Provérbios, capítulo 31, exalta uma mulher virtuosa, não somente por suas habilidades, mas principalmente por sua SABEDORIA. E uma mulher sábia é difícil de se encontrar, tal como as pedras preciosas.

– Quem a achará, afinal?

Porque a sabedoria não está relacionada somente ao conhecimento científico, cultural, artístico, culinário, empresarial, acadêmico ou materno que adquirimos ao longo da vida.

Uma mulher verdadeiramente sábia é movida não somente pela nobreza da sua missão, pelo prazer da sua vocação ou pela alegria das suas conquistas, mas pela certeza de que o refrigério, a força e a coragem que ela precisa, diariamente, só podem ser encontradas em Deus.

Ela sabe que Ele é a fonte inesgotável de tudo o que precisa para viver com equilíbrio e satisfação.

Não se engane mais. Não somos super mulheres e passar essa imagem de independente, autossuficiente e poderosa não vai resolver.

A sabedoria vem do alto.

Eu preciso dela. E você?

“Mas a sabedoria que vem do alto é antes de tudo pura; depois, pacífica, amável, compreensiva, cheia de misericórdia e de bons frutos, imparcial e sincera.” Tiago 3:17

Camila Vaz

Não cale a voz da gratidão

15665650_1640024196292192_2725261093522302240_n

É fácil cair na armadilha de falar somente sobre problemas e coisas negativas. Essa prática acaba se tornando uma maneira de nos acomodarmos diante da opressão que sofremos e isso geralmente nos paralisa, como uma corrente presa aos nossos pés, num quarto fechado e escuro.

Mas se focarmos somente nas coisas ruins e olharmos somente para baixo, não conseguiremos ver , ouvir ou sentir o agir de Deus, tampouco sermos aperfeiçoados por Ele.
É do alto que vem a força que renova a nossa fé e gera em nós atitudes de louvor e gratidão, mudando a realidade dentro de nós e também ao nosso redor.
É certo que às vezes esperamos que a vida seja feliz e indolor, mas não é isto que a Bíblia ensina. Para o cristão, este mundo é um lugar de desenvolvimento espiritual por meio de momentos bons e ruins.
Jesus foi realista quando explicou que no mundo teríamos aflições. Mas nos encorajou dizendo: “tende bom ânimo, porque Eu venci o mundo!”

A presença de Jesus Cristo faz nosso coração transbordar de alegria e paz, independente das circunstâncias.  Toda dor ou frustração , pode ser amenizada por um coração agradecido.

 

Convido você (e a mim) a agradecer a Deus por quem Ele é. E depois, agradecermos também pelo que Ele tem feito na nossa vida. A gratidão é amor correspondido. Cura a alma e alegra o espírito. É canção que ecoa para a eternidade.

Mudaste o meu pranto em dança, a minha veste de lamento em veste de alegria, para que o meu coração cante louvores a ti e não se cale. Senhor, meu Deus, eu te darei graças para sempre. Salmos 30:11 e 12

Camila Vaz

Coisas novas e boas podem acontecer a qualquer momento

x_e3d72b6a_large

 

A expectativa em Deus, revela o descanso na fé, de que alguma coisa nova e boa pode acontecer a qualquer momento. É um anseio mergulhado na certeza de que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que o amam.

Já a ansiedade é uma agonia que sobrecarrega e adoece o coração. É um fardo de incertezas e falta de convicção de que Deus tem o domínio de todas as coisas. A ansiedade produz medo e põe à prova a nossa confiança. Mas a expectativa revela a esperança de que, quando Deus se agrada, TUDO pode acontecer:  Não há dia mal que não termine, casamento que não possa ser restaurado, doença que não se cure, falta que não possa ser suprida, coração duro que não amoleça e choro que não se renda ao riso.

Convido você a abrir mão da ansiedade e deixar que o seu coração seja cheio de expectativas em fé, pois isso glorifica e alegra o coração de Deus.

Camila Vaz

Lancem sobre ele toda a sua ansiedade, porque ele tem cuidado de vocês.
1 Pedro 5:7 

Mães, não desprezem o propósito

tumblr_lo09homizx1qd1orno1_500_large

O dom da maternidade traz consigo características do amor sacrificial de Deus por nós.

Já parou para pensar como podemos amar tanto alguém que não nos deixa dormir, comer e descansar? Que traz tanta preocupação, trabalho e cansaço? Que deixa marcas em nosso corpo e muda o rumo da nossa história para sempre?

A entrega e a renúncia impressas na maternidade nos revelam algo tão profundo quanto a paternidade de Deus, que nos amou incondicionalmente e imerecidamente, enviando seu único Filho para morrer por nós, mesmo conhecendo nossas imperfeições e limitações.

Apesar da suficiência da sua paternidade, que é eterna, Deus escolheu as mulheres para manifestarem esse amor sobrenatural aqui, gerando, cuidando e protegendo os filhos até que se tornem adultos.

No entanto,  não somos sagradas, tampouco divinas. Mas fomos escolhidas pelo Deus que é. E Nele, certamente seremos capacitadas a exercer com excelência a missão da maternidade.

Fomos chamadas para gerar. Filhos naturais ou espirituais. Do ventre ou do coração. Há um propósito em cada gestação. Não despreze o dom da maternidade confiado a você.

Camila Vaz