Ansiedade

“A ansiedade é o mal do século”, dizem os especialistas. Adultos e crianças estão sofrendo as consequências do excesso de informação, do pensamento acelerado e da cobrança excessiva, apresentando inclusive, sintomas físicos também.

Por isso a Bíblia nos diz em Fp 4:6 para não andarmos ansiosos por coisa alguma e apresentarmos a Deus nossas preocupações com AÇÕES DE GRAÇAS. Ou seja, é a gratidão antecipada que vai gerar descanso.

No versículo 7 do mesmo capítulo continua dizendo que Ele guardará as nossas mentes e corações em PAZ. E paz é tudo o que a ansiedade vem nos tirar.

Somos vulneráveis e pequeninos diante da grandeza da vida. Não somos aptos a dominá-la, mas podemos usufruir com tranquilidade e alegria a nossa saúde, família, amigos, trabalho, ministério, dons e talentos.

A nós, só cabe o agora. Os próximos instantes já fogem do nosso controle e isso deve nos bastar, porque se pudéssemos prever o amanhã, não saberíamos como lidar.

Se perdermos a beleza do presente, perdemos a capacidade de viver. Essa é a sabedoria que devemos perseguir: viver o agora como um presente e agradecer por isso.

A mudança de hábitos pode ajudar a dominar nossas emoções para que não sejamos dominados por elas. Mais oração, mais admiração, mais contemplação, mais respiração, menos trabalho, menos atividades, menos cobrança…

E se necessário for, um profissional
também pode ajudar.

Lancemos sobre Deus o fardo da ansiedade e confrontemos nossas preocupações com a gratidão, porque Ele já está no futuro nos esperando, aconteça o que acontecer…

Sim, teremos testemunhos para contar. Amém? ♡

Camila Vaz

Vinde a mim todos os que estais cansados de carregar suas pesadas cargas, e Eu vos darei descanso. Tomai vosso lugar em minha canga e aprendei de mim, porque sou amável e humilde de coração, e assim achareis descanso para as vossas almas. Pois meu jugo é bom e minha carga é leve”. Mt 8:28

#saúde #segredorevelado

Anúncios

ELE sabe…

Ele sabe que você já se contaminou demais, criticou muito e se afastou do propósito.

Um dia você levantou as mãos e disse que seria pra sempre, mas seu amor evaporou como o orvalho da manhã.

Você deixou a candeia se apagar, foi influenciado, se omitiu e se conformou.

Hoje você não vê mais sentido em coisas que lutou tanto para conquistar e sua autoconfiança foi esmagada pelo sistema.

Você usou a liberdade e correu para o lado errado. Agora está decepcionado, encurralado e paralisado.

Você reconhece que a comunhão faz falta, que a adoração faz falta e que a presença Dele faz uma falta absurda pra você. Mas tem muita vergonha de dizer.

Ele sabe… Calma, respira, tem jeito.

Por mais longe que o filho esteja, o Pai continua esperando pelo reencontro.

Não há distância tão longa que o amor não vença, não há pecado tão grave que não possa ser perdoado.

Faz o caminho de volta.
O arrependimento arde mas também cura.
Ele está chamando o seu nome mais uma vez.
Apressa o passo.

Há um fonte inesgotável de graça, perdão e recomeço.
Não é mágica, é favor imerecido.
Conquistado na cruz a preço de sangue.
E foi tudo por você.

Só vai . . . 🖤

Em amor,

Camila Vaz

“Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso. Tomem sobre vocês o meu jugo e aprendam de mim, pois sou manso e humilde de coração, e vocês encontrarão descanso para as suas almas. Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve”. Mt 11:28-30

10 anos do Mundo de Palavras !

Registrando 10 anos do blog!

Durante esse tempo, dividi muitas palavras, reflexões e experiências por aqui. Recebi inúmeras mensagens de carinho e retorno positivo. Fico muito alegre em saber que muitas pessoas foram edificadas ao ler, tanto quanto eu fui ao escrever.

Esse é o espaço da minha vida que divido com todo mundo. E também é a minha forma de manifestar o amor de Deus através das palavras.

Prossigamos juntos, com muito prazer.

Obrigada a vocês por virem sempre aqui.

Camila Vaz

Quando é preciso voltar…

Eu preciso dizer que o amor de Deus não muda e que um elo entre duas pessoas só pode ser quebrado quando um ou outro desiste de continuar.

Só que Deus nunca desiste de nós! Então, quando esse relacionamento se quebra, inevitavelmente a culpa é nossa! Seja porque desistimos ou porque deixamos de confiar Nele.

Por isso, há coisas na vida que somente são restauradas quando voltamos para casa. Quando voltamos pra Ele! Porque ELE É O NOSSO LAR.

É preciso retornar para haver CURA E ARREPENDIMENTO. Mais importante do que crescer e se tornar independente é ser enviado debaixo da direção e da correção do Pai!

Deus nos deixa escolher nossos caminhos. Ele respeita nossa liberdade. É da sua natureza relacionar-se com pessoas livres.

Lembre-se que Deus não quebra princípios!

Em nossa liberdade, podemos retornar.

Se for para curar e melhorar, não hesite em voltar! 🖤

{Leia Provérbios 3}

#devoltapracasa #retorno #segredorevelado #devocional

Abandono Afetivo

ABANDONO AFETIVO

Eu tenho ótimos pais. Poderia escrever um livro sobre eles e sobre tudo o que me ensinaram e fazem por mim até hoje. Mas sei que essa não é a realidade de todas as pessoas.

Pelo contrário, convivo com amigos que cresceram sem a presença paterna ou cultivando um péssimo relacionamento com a mãe.

Também conheço crianças que vivem um inferno emocional por conta do abandono que  sofrem por parte dos pais que nunca ligam, nunca estão presentes nos momentos importantes, nunca chegam na hora combinada para o passeio ou simplesmente desaparecem sem dar notícias.

Atendo muitas mulheres que precisam recorrer ao judiciário para obterem alguma ajuda financeira dos pais, que se recusam em contribuir com o sustento dos filhos ou visitá-los regularmente.

Esse abandono não é apenas financeiro, mas principalmente afetivo e consiste na omissão de cuidado, criação, educação, companhia, assistência moral, psíquica e social.

A Justiça brasileira tem adotado o posicionamento de condenar os pais que abandonam os filhos afetivamente ao pagamento de indenizações em dinheiro. Essas decisões não servem para minimizar a dor a e angústia da ausência de um dos pais, mas sim para propiciar uma sensação de justiça.

Há quem considere que a indenização pode ser uma forma eficaz de justiça e punição, porque apesar do direito não ter a capacidade de obrigar alguém a amar, pode punir alguém por não cuidar.

“Amar é faculdade, cuidar é dever.” Ministra Nancy Andrighi

 

PATERNIDADE INCONDICIONAL

Mas e a dor da alma? Quem pode curar?

Sabemos que os danos emocionais de um abandono paterno podem ser irreversíveis, mas em Deus encontramos uma paternidade incondicional.

A Bíblia nos ensina que fomos planejados e desejados por Ele e que por meio de Jesus, Seu Filho, deixamos de ser apenas criaturas para nos tornarmos FILHOS também. Aceitar o Filho para receber um Pai e tomar parte de uma herança eterna.

A diferença entre a paternidade natural e a espiritual é o amor incondicional e perfeito, que só Deus é capaz de oferecer.

 

Logo, tudo o que você precisa fazer é aceitar o Filho para ter acesso ao Pai.

Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome; João 1:12

Nele há abrigo, consolo, perdão, misericórdia e graça e não existe possibilidade de abandono.

Deus participa ativamente da vida de seus filhos através da Palavra e da Oração. Você fala, Ele ouve e você pode ouvir o que Ele fala também.

Então, ainda que você tenha sido abandonado, ainda que lhe falte o afeto dos seus pais, ainda que você se sinta órfão, há esperança na paternidade de Deus, pois Ele é o pai da paternidade.

Esta palavra de encorajamento é para que você alegre o seu coração e encontre sentido na filiação, em ser quem você é Nele. Pois fomos gerados à imagem de Deus e formados com amor e cuidado, desde o ventre materno. Isso significa que jamais seremos rejeitados, esquecidos ou abandonados.

Essa filiação muda a nossa identidade.

Essa  paternidade muda a nossa história.

Você nunca será órfão e jamais será abandonado.

 Ainda que meu pai e minha mãe me abandonem, o Senhor me acolherá. Salmos 27: 10

 

Com amor,

Camila Vaz

#paternidade #filiação #maternidade #direito #família

Confie no processo

Por muito tempo eu fui escrava de mim mesma, acreditando que precisava provar algo para alguém.
Eu realmente era movida pela necessidade de ser útil, de dar conta do recado, de estar sempre disponível. Por isso eu raramente dizia “NÃO”, com medo de magoar as pessoas.

Mas esse comportamento se tornou extremamente cansativo e desgastante, porque tudo o que eu conseguia era atrair pessoas sanguessugas, carentes e dependentes de mim. Eu vivia sufocada e pressionada. Tive quase toda minha energia sugada em algumas ocasiões.
Foi quando perguntei a Deus quem eu era de verdade e, gentilmente, Ele me revelou através da Palavra: você é uma FILHA insegura, que tem medo de errar, de ser julgada e de decepcionar as pessoas. Mas que não se importa em decepcionar a mim. 

Foi frustrante. 
Essa insegurança surgiu numa época difícil e vulnerável da minha vida e eu precisava me libertar dela. Foi necessário reconhecer o cativeiro que me aprisionava e estender as minhas mãos para sair dele. Então eu me rendi…
A GRAÇA tirou o fardo pesado das minhas costas e me mostrou que eu só precisava SER.
Aceitei ser conduzida, ser levada pelas asas do Espírito e me tornei verdadeiramente LIVRE! 
Despertei para o fato de que o importante era ser reconhecida pelo meu Pai e que seu amor por mim, apesar de mim, é e sempre será o suficiente. Eu só precisava refletir.
Não há nada melhor que descobrir a nossa identidade e entender a nossa filiação!
Mas não se engane, pois o processo não é fácil. Às vezes a Palavra parece doce ao paladar, mas quando digerida ela passa a amargar, arder, queimar e por fim, curar. 
Eu continuo tendo sede e fome de amor e justiça. Continuo me esforçando para amar as pessoas, mas estou longe de ser um exemplo. 

Hoje eu só quero cumprir o propósito e retribuir ao amor misericordioso de Deus, com leveza e alegria! 
Porque eu não sou mais escrava do medo! Eu sou filha de Deus! 
Em 2018 eu quero continuar desfrutando do privilégio de ser filha e descansar no amor do Pai. Porque Ele em mim é o suficiente. E Nele, transbordar é inevitável.  
É ao meu Pai que eu quero corresponder. Ele é o motivo da minha alegria! 

Confie no processo.💜

Com amor,

Camila Vaz

#anonovo #vidanova #liberdade

A nobreza dos pobres de espírito

“Bem-aventurados os pobres em espírito, pois deles é o Reino dos Céus. Mateus 5: 3 ♡
A tentativa de controlar nossas vidas pode nos cegar. A paixão pelas ideologias, costumes e tradições compromete a nossa liberdade e pode nos escravizar.

Mas os pobres de espírito admitem sua fragilidade e dependência em relação a Deus.

Os pobres de espírito são aqueles que admitem suas fraquezas e limitações porque abrem mão da razão para viverem em paz.

São aqueles que precisam mudar e não resistem ao amor transformador de Deus, mesmo que isso lhe custe tudo.

São aqueles que não se envergonham de pedir e aceitar o perdão de Deus e do próximo, pois não escondem suas falhas e pecados.

Um coração pobre de espírito não acumula tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem consomem, mas é feliz na alegria do ser e não do ter.

Talvez poucas pessoas reconheçam que se acham autossuficientes, mas nossas atitudes práticas revelam um coração dominador e soberbo.

O orgulho afasta o homem de Deus porque estimula uma vida como se Ele não existisse.

Mas ser pobre de espírito é ser grato pelo que temos, sabendo que tudo vem Dele e deve voltar para Ele. 

A pobreza de espírito é necessária para termos nossa humanidade redimida e alcançarmos o Reino, assim como crianças, desprovidos de todo o orgulho e altivez.

Neste caso, a pobreza de espírito é uma bem-aventurança que devemos perseguir com alegria e afinco, na certeza de que um coração humilde e contrito não será desprezado por Deus. 💙

Tende em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, o qual, tendo plenamente a natureza de Deus, não reivindicou o ser igual a Deus, mas, pelo contrário, esvaziou-se a si mesmo, assumindo plenamente a forma de servo e tornando-se semelhante aos seres humanos.  Assim, na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, entregando-se à obediência até a morte, e morte de cruz. Fp 2:5-8

O primeiro passo para receber ajuda é aceitar humildemente que precisamos dela. 💡
Em amor,

Camila Vaz

#reino #devocional